MPT destina recursos à humanização de perícia de crianças vítimas de violência

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco está revertendo valores de multas trabalhistas para a Secretaria de Defesa Social (SDS), do Governo do Estado. O montante de R$ 283.980,32 será aplicado na execução do projeto de humanização dos espaços do Instituto de Medicina Legal (IML) destinados a perícia médico-legal em crianças e adolescentes vítimas de violência. Os detalhes da implantação do projeto foram articulados junto à SDS pela procuradora do Trabalho Jailda Pinto, responsável pela ação, na última terça-feira (10). Estiveram presentes na reunião, a Gerente Geral de Polícia Científica do estado, Sandra Maria Dos Santos, e os gerentes do IML Paulo Ernando Ferraz Cavalcanti (geral) e Mauro José Catunda Luna (adjunto).

Setembro Amarelo: por que falar de saúde mental no trabalho?

Durante o mês de setembro as atenções são voltadas para o cuidado da mente e o bem-estar emocional, numa iniciativa conjunta da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM) para a prevenção ao suicídio. O Ministério Público do Trabalho (MPT) se preocupa com a saúde no ambiente de trabalho e sensibiliza para as discussões do tema nesses locais, além de mobilizar empresas em prol de uma agenda preventiva.

Especialistas discutem “uberização” em evento no Recife

Na última quinta-feira (5), a Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) ministrou o curso Futuro do Trabalho: os Efeitos da Revolução Digital na Sociedade. Realizado na sede da Procuradoria da República no estado, a atividade contou com a presença de autoridades ligadas à proteção ao trabalho e estudantes de Direito. A tutoria da capacitação é da procuradora do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco Vanessa Patriota.

Município de Ouricuri adere a plano de trabalho para melhoria da cadeia do gesso até 2030

Na tarde desta quinta-feira (5), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) realizaram reunião para tratar da assinatura de termo de adesão ao "Grupo de Trabalho Gesso 2030" por municípios do polo gesseiro do Araripe. O objetivo é que as cidades desenvolvam estratégias de compliance na cadeia produtiva, o que inclui a promoção do trabalho decente.